Permaneça no caminho não importa as dificuldades

Existe um padrão que tem tendência a acontecer a todas as pessoas, quando metem mãos à obra para concretizar as suas aspirações.

No início, começam um projeto cheias de inspiração e vislumbram um futuro em que tudo aquilo com que sonharam é uma realidade. Realidade essa que fizeram acontecer, fruto do seu trabalho árduo.

Passado pouco tempo, surgem as primeiras dificuldades. Adversidades que lhes caiem em cima de forma totalmente aleatória, as quais prontamente se dispõem a resolver. Passam-se 3 meses, 6 meses, 1 ano, e os resultados (ou a ausência dos mesmos) mantém-se.

Nada de especial acontece. Pensavam que por esta altura já estariam muito mais perto de chegar ao lugar que anteviram com tanta expectativa. Esta situação relatada é a mais frequente e muitas vezes, é também a altura em que começam a desmotivar.

Ainda assim, se desde que começaram o seu caminho em direção à conquista de uma meta não tiveram qualquer retrocesso e estiveram sempre a crescer, será apenas uma questão de tempo até atingirem um período de estagnação.

Período esse que lamentavelmente, grande parte das pessoas confunde com o fim dos seus sonhos.

Se reconhece este ciclo, saiba que independentemente de estar nos seus primeiros anos de atividade ou de já ter largos anos de prática e de experiência, estagnar ou retroceder nunca é o fim, a não ser que desista.

Nestas alturas é apropriado ter uma perspectiva clara acerca daquilo que o move. Por outras palavras, saber quais são os seus valores.

Porque é que iniciou o caminho onde se encontra?

O que o levou a querer aquilo que ambiciona?

Quando atingir esta meta, o que vai ter que não tem agora?

O que é que este objetivo lhe vai permitir fazer?

Quando os resultados não servem como motivação – e acredite que há sempre alturas em não os vemos nem ao longe – devemos nos recordar dos valores que nos movem.

Aqueles que se tornam vencedores são os que permanecem no caminho sem desistir.

O jogo de realizarmos as nossas maiores ambições é jogado a longo prazo. O universo tem maneiras interessantes de nos testar, pois antes de conseguirmos grandes sucessos nos nossos empreendimentos, há sempre um longo período de estagnação ou até de declínio.

Nunca se esqueça que antes de subir, é muito provável que primeiro caia durante algum tempo.

A boa notícia é que quando finalmente subir, chegará a um patamar muito mais alto do que aquele onde se encontrava antes de entrar em queda. Por isso aguente firme, não importa se está a tentar criar uma empresa multimilionária ou entrar para os jogos olímpicos.

Continue a esforçar-se diariamente e se tiver dificuldade em manter-se no caminho, pense no longo prazo e sinta-se orgulhoso sempre que chega ao fim de um dia e cumpriu com tudo aquilo que se propôs a fazer, mesmo que ainda não veja resultados.

Se já trabalha todos os dias para realizar os seus objetivos, permaneça no caminho não importa as dificuldades. As recompensas podem não chegar tão cedo quanto gostaria, mas será apenas uma questão de tempo até fazerem parte da sua realidade.

Pergunta: O que o ajuda a manter-se motivado quando corre atrás de um objetivo e não vê resultados?

Deixe um comentário