Seja tosco e imperfeito, mas seja rápido!

Quer na vida pessoal quer na carreira, existe quase sempre uma necessidade de inovação e de auto-atualização. A aprendizagem é um processo continuo e que ocorre a longo prazo. Mesmo que não façamos nada com esse fim, a vida trata disso por nós.

Ter resultados é algo que lhe interessa, e aposto ainda que acredita (mesmo que pouco) que é responsável por estes. Concordo absolutamente com a ideia de que podemos tomar ações intencionalmente de forma a ter os desfechos que pretendemos. 

Por outras palavras, que o poder de obtermos o que quisermos da vida está em nós, e as circunstâncias externas pouco ou nada têm a ver com isso.

Assim sendo, sabe que existem ideias e conceitos que pode aplicar à sua vida, de forma intencional, para ir de onde está até onde quer chegar. Este artigo foi escrito para o ajudar a aplicar essas ideias e conceitos, em vez de os deixar morrer na praia.

Dito isto, quero dar-lhe a conhecer o elemento que na minha opinião, é o mais importante na aplicação de uma nova aprendizagem. Antes de abordar esse elemento, vamos ver como é que tudo começa.

O primeiro passo, é quando toma conhecimento de uma nova ideia e entende que a sua aplicação, no seu caso em concreto, pode trazer-lhe excelentes resultados. Quando me refiro a “ideia”, esta pode ser desde uma estratégia de marketing, até uma receita de culinária.

Qualquer plano que seja uma novidade para si e que de alguma forma, ressoa consigo quando pensa nos benefícios que a sua implementação lhe pode trazer.

Chegamos assim à palavra chave que é também o fator decisivo de sucesso.

Implementação.

Quando alguém pensa em implementar uma nova ideia, a primeira coisa que lhe ocorre é o seu planeamento, o que não está errado. Planear é essencial e pode definir o sucesso ou o fracasso logo à partida.

Contudo, existe também outra coisa que vai influenciar largamente a probabilidade de uma ideia fracassar.

Excesso de planeamento.

O excesso de planeamento, para além de ser uma das formas mais rápidas de matar a sua criatividade, vai também fazê-lo esquecer-se do sentimento que teve quando ouviu a ideia em questão e teve aquele momento de realização.

O sucesso na aplicação de uma nova ideia está diretamente relacionado com um fator específico. Várias pessoas de grande sucesso têm referido esse fator como o principal motivo do seu sucesso.

Velocidade de implementação.

A velocidade de implementação, como o nome indica, refere-se ao tempo que demora na aplicação de uma nova ideia, desde o momento em que tem conhecimento que ela existe. Quanto mais tempo ficar a pensar nela, menos probabilidade tem de a executar.

Se tiver de escolher entre ponderar calmamente a aplicação de um novo conceito que lhe causou impacto, ou aplicá-lo sem estar totalmente preparado, escolha a segunda opção.

Aqueles que se esforçam para ter os resultados que querem, mesmo sem estarem completamente preparados, cometem erros, caiem, e têm de fazer um esforço adicional para se levantar. 

Mas eventualmente, acabam por aprender o que ainda lhes falta. Aprendizagem essa que só é possível por estarem a executar, em vez de ponderar.

Se sente precisar de mais informação antes de dar o primeiro passo lembre-se:

feedback das suas ações é a forma mais rápida de aprendizagem.

Pergunta: Qual é a sua melhor estratégia para implementar novas aprendizagens na sua vida?

Deixe um comentário